_

Photobucket

Esse é o seu espaço para discutir e opinar sobre temas da paleontologia. Sinta-se livre para comentar.


sexta-feira, 22 de abril de 2011

Dinossauros enxergavam à noite, diz estudo


Anel escleral de dinossauro provavelmente diurno
© Ryosuke Motani e Lars Schmitz 

Por muito tempo, os dinossauros foram considerados criaturas que caçavam durante o dia e que descansavam quando o sol baixava. Mas uma nova prova desafia a teoria de que predadores como o Velociraptor eram mais ativos durante o dia. Para os cientistas, o cineasta Steven Spielberg tinha razão no filme Parque dos Dinossauros, no qual os dinos carnívoros caçavam à noite. Até agora, os pesquisadores diziam que os primeiros mamíferos da era dos dinossauros se refugiavam à noite, quando os assassinos reptilianos não estavam por perto, mas um estudo das órbitas dos olhos em crânios de fósseis de dinossauros sugere que esse não era o caso.

Dinossauros, aves e lagartos possuem uma estrutura ocular diferente – que os mamíferos e os crocodilos não têm – conhecida como anel escleral. Os cientistas mediram as dimensões internas e externas desse anel em 33 fósseis de Arcossauros, um grupo que inclui dinossauros e os répteis voadores conhecidos como pterossauros. As mesmas medidas também foram tiradas dos crânios de ancestrais de aves e de 164 espécies vivas. Animais noturnos têm uma pequena abertura no meio do anel escleral, que é muito maior nos diurnos. Aqueles que vivem durante o dia e à noite possuem uma abertura entre os dois tamanhos.

Cena do filme Jurassic Park, em que o T-rex está realizando suas atividades à noite 
© Jp legacy

Os pesquisadores americanos confirmaram que as medidas dos olhos são uma forma precisa de prever se uma criatura vive de dia, à noite ou durante os dois turnos. Análises dos fósseis revelaram que os dinossauros que comiam plantas grandes eram diurnos, como os elefantes. Como os atuais herbívoros, eles precisavam comer a maior parte do tempo. Mas tudo indica que os Velociraptors e outros carnívoros pequenos eram caçadores noturnos. Segundo Ryosuke Motani, da Universidade da Califórnia, que liderou o estudo, é razoável supor que o ataque do Velociraptor ao Protoceratops acontecesse durante o por do sol ou em condições de pouca luz. Os cientistas ainda não sabem dizer se o mesmo valia para os grandes predadores, como o Tyrannosaurus rex porque nenhum dos fósseis disponíveis preservou direito os anéis esclerais. Tanto as antigas aves como a maioria dos pterossauros tendiam a ser ativos durante o dia.

Fontes: R7.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário