_

Photobucket

Esse é o seu espaço para discutir e opinar sobre temas da paleontologia. Sinta-se livre para comentar.


terça-feira, 26 de janeiro de 2010

Postosuchus


© BBC

Postosuchus era um dinossauro basal que viveu no que é hoje a América do Norte durante o meio até o final do Período Triássico. Era um ser Rauisuchia, um primo de crocodilos e veio do mesmo ancestral dos dinossauros. Seu nome significa "crocodilo de Post", em homenagem ao Quarry Post no Texas, onde muitos fósseis do gênero foram encontrados. Foi o predador dominante de sua área, durante o Triássico, maior do que o pequeno dinossauro predador de sua época: o Coelophysis. Ele era um caçador que provavelmente caçava dicinodontes e muitas outras criaturas menores que ele.

© Ivan Stalio

O Postosuchus era um réptil quadrúpede com um crânio largo e uma longa cauda. Este carnívoro atacado com suas grandes garras curvas. Media cerca de 4,5 metros de comprimento e foi sustentado por pernas colunares (uma característica bastante incomum em répteis). Um crocodilo com o focinho repleto de muitos dentes afiados, os quais eram usados para matar suas presas. Possuia placas em suas costas que formaram um escudo defensivo.

© Nobu Tamura

O esqueleto do postosuchus correspondia ao de um ágil quadrúpede que também conseguia levantar-se e correr com as patas posteriores, mais robustas e compridas do que as anteriores. Os ossos que formavam a articulação da bacia com a pata ofereciam fortes pontos de inserção a poderosos músculos que lhe permitiam uma passada energética. A coluna vertebral era muito resistente na região do pescoço, sustentando o poderoso crânio.


Este vídeo é um episódio do documentário Walking With Dinosaurs, e mostra claramente o modo de caça solitária do Postosuchus.

Obs: O vídeo não é dublado.

Dados do Réptil:

Nome científico: Postosuchus
Tamanho: 4,5 metros de comprimento. 
Peso: Cerca de 1 toneladas. 
Onde viveu: América do Norte 
Quando viveu: Período Triássico.
Dieta: Carnívoro

Fontes: Wikipédia en.

Nenhum comentário:

Postar um comentário