_

Photobucket

Esse é o seu espaço para discutir e opinar sobre temas da paleontologia. Sinta-se livre para comentar.


sábado, 21 de novembro de 2009

Pterodáctilo

© Dk 2003

Os Pterodáctilos foram répteis voadores e não dinossauros pois eram animais voadores e os dinossauros viviam em terra firme, eles viviam em grupos perto da água. Os Pterodáctilos botavam ovos e provavelmente construíam ninhos. Na hora de procurar comida, usavam a visão poderosa e caçavam animais na água ou no ar. A comida preferida eram crustáceos e peixes, mas também comiam insetos.
© John blindon

O Pterodáctilo tinha ossos leves, finos e ocos. O focinho era longo e com muitos dentes afiados. As patas da frente possuíam dedos. A partir do quarto dedo, saía uma membrana resistente que se ligava ao corpo e às pernas, formando asas parecidas com as dos morcegos, só que mais duras. Ao encontrar um predador, o Pterodáctilo escapava voando. Ele devia avisar o bando emitindo sons parecidos com grunhidos.
O primeiro fóssil de Pterodáctilo foi descoberto em 1784, na Alemanha. Na época, os cientistas pensaram que tinham descoberto um animal que só vivia na água. Só 17 anos depois o estudioso Georges Cuvier deduziu que ele era capaz de voar. Cuvier escolheu para o bicho o nome de Pterodáctilo, que é a união de palavras gregas que significam "asa" e "dedo".
© Felipe ex

As pesquisas mais recentes indicam que os Pterodáctilos não eram nada parecidos com os répteis atuais. Provavelmente, eles tinham o corpo coberto por um tipo de pêlo fino. Assim se manteriam aquecidos e guardariam mais energia para voar.
Cientistas brasileiros e chineses acharam sinais de um parente dos Pterodáctilos: o Nemicolopterus. Ele viveu há 120 milhões de anos na China e foi um dos menores pterossauros, com 25 centímetros da ponta de uma asa à outra.
© Happer Collins

Dados do Pterossauro:

Nome científico: Pterodactylus sp.
Tamanho: 30 cm de comprimento e 1 m de envergadura das asas.
Peso: Até 4,5 quilos.
Onde viveu: Europa e África.
Quando viveu: Período Jurássico.
Dieta: Peixes, crustáceos e insetos.

Fontes: Recreio

Nenhum comentário:

Postar um comentário