_

Photobucket

Esse é o seu espaço para discutir e opinar sobre temas da paleontologia. Sinta-se livre para comentar.


sexta-feira, 28 de agosto de 2009

Diplodócus

© AVPH

O tamanho do diplódoco já espantava os predadores e devia protegê- lo do ataque de predadores. Mas, se fosse preciso ele colocava em ação a cauda de apenas 14 metros, que servia como chicote. O pescoção do diplódoco era longo, com cerca de 8 metros de comprimento, e ficava a maior parte do tempo paralelo ao chão, pois não conseguia erguê- lo acima dos ombros. Sua cabeça era pequena se comparada ao resto do corpo, o que indica que o cérebro era minúsculo. Provavelmente ele foi um dos dinos menos inteligentes que existiram.
© BBC

Ao que indica, dinos dessa espécie passavam a maior parte do tempo comendo vegetais. Mesmo assim, ele pesava pouco mais que dois elefantes juntos. Para o seu tamanho, seu corpo era leve por que vários de seus ossos eram ocos. É provável que o diplódoco usasse o olfato para localizar comida e perceber a aproximação de inimigos. Suas narinas ficavam no alto da cabeça, e no passado, isso levou os cientistas a pensarem que esse dino vivesse na água. Depois descobriram que ele era um animal terrestre. Os olhos laterais ficavam bem para trás e ele tinha um visão muito ampla.
© AVPH

Observando as pegadas do diplódoco, os cientistas descobriram que eles viajavam em grupos de 20 a 30 dinos em busca de comida. Os filhotes ficavam no meio do bando, mais protegidos de predadores. Para alimentar toda a turma, era preciso encontrar muita vegetação. Os ovos desse dinossauro não foram encontrados em ninhos. Pode ser que as fêmeas pusessem os ovos enquanto caminhavam, e não tinham nenhum tipo de cuidado em especial com eles até os filhotes nascerem. Os pesquisadores achavam que os dinos pescoçudos tivessem vários corações para bombear o sangue para todo o corpo. Hoje não se pensa mais isso, pois nunca foi achado um bicho com mais de um coração. O diplódoco também é um animal fascinante, não só pelo seu tamanho, mas também, pela sua forma... !
© AVPH

Dados do dinossauro:

Nome científico:
Dipodocus longus.
Tamanho: 30 de comprimento e 5 de altura.
Peso: Até 20 toneladas.
Onde viveu: Na América do Norte.
Quando viveu: Entre 159 e 144 milhões de anos atrás, no período Jurássico.
Dieta: Folhas, pinheiros, cedros, cipestres, vegetação rasteira, sementes, samambaias, e musgos.
Predadores: Outros dinossauros carnívoros que caçavam em bando.
Fontes: Avph

Nenhum comentário:

Postar um comentário